18.2 C
Pontevedra
Sábado, 18 de Setembro de 2021
Máis
    HomeComarcasAlén da RaiaServiços sociais da autarquia concentrados em novas instalações

    Serviços sociais da autarquia concentrados em novas instalações

    A partir da próxima segunda-feira, 23 de agosto, os Serviços Municipais de Intervenção Social – SMIS passam a funcionar no rés-do-chão do Antigo Quartel dos Bombeiros Voluntários. A mudança de instalações deve-se à necessidade de desocupar o edifício que o acolhia para o arranque da 2ª fase da requalificação global da Escola Secundária de Vila Nova de Cerveira.

    Com esta alteração, os serviços sociais essenciais afetos ao Município ficam concentrados num único espaço, dotado de melhores condições e de uma melhor interação laboral dada a proximidade física à Câmara Municipal, além de se apresentar com melhor acessibilidade para os munícipes. A breve prazo, está igualmente prevista a mudança do serviço da Segurança Social para o mesmo local.

    Assim, a nova morada dos SMIS é a Praça do Município (nº 3), onde está albergado o Serviço Social, a Rede Social, a CPCJ, o Gabinete da Educação, o Gabinete da Saúde, o Gabinete de Psicologia, o GIP – Gabinete de Inserção Profissional, o GAE – Gabinete de Apoio ao Emigrante, o Banco Local de Voluntariado e a Loja Social.

    Tendo como principal missão o combate de situações de pobreza e de exclusão social, os Serviços Municipais de Intervenção Social dão orientações de resolução de situações emergentes e asseguram respostas para uma melhor qualidade de vida dos indivíduos/famílias residentes no concelho de Vila Nova de Cerveira. Ao nível da ação social, a autarquia disponibiliza um conjunto de ações/apoios, como o Telealarme, o Cartão Municipal do Idoso – Cartão Idade +, a Habitação Social, a Habitação Degradada, a Estratégia Local de Habitação, o apoio social às famílias, a Loja Social, o apoio em géneros alimentares/roupa e outros.

    COLABORACIÓNS

    ¡Indultos!

    Hace unas semanas fue la época de los indultos. Por un lado, se indultaron a los "díscolos catalanes" que quisieron "separarse de la madre patria" para ocultar las vergüenzas de tantos años de corrupción ya que, si no no se entiende. Ni historia ni, sobre todo los datos económicos, lo sostienen por ningún lado.

    Xesús Constenla, «O peso do cerebro»

    Xesús Constenla xa nos ten acostumados a unha narrativa arriscada e alonxada de tópicos, o que non deixa de ser un aliciente para calquera lector. Agora, con «O peso do cerebro», mantense firme nesta liña de traballo para adentrarse no confuso mundo de don Honorio, un vello afectado de demencia senil que un día, aproveitando un despiste da súa neta, Paula, sae da casa e vaga sen rumbo pola cidade de Barco (doadamente identificable co Ferrol natal do autor), un espazo que, coma o protagonista, coñeceu mellores tempos.

    Illote Areoso, paraíso natural

    Último domingo del mes de agosto y aquí estoy de nuevo para compartir con vosotros un pedacito de mis aventuras. Hoy os dejo un planazo sin salir de la provincia de Pontevedra: una visita al Illote Areoso.

    Peregrinos xacobeos na cidade de Tui (XIII). O nobre polaco, Xacobe Sobieski de Janina en 1611

    Nos capítulos que vimos recollendo nesta sección sobre peregrinos xacobeos que deixan referencía á cidade de Tui nos seus relatos ou diarios nos que recollen a súa experiencia, abordamos hoxe a figura doutro peregrino chegado dende terras ben afastadas. Trátase dun nobre polaco, Xacobe (Jakub) Sobieski de Janina, foi...

    Colaboradores

    Alberto Aliaga Sola
    11 POSTS0 COMMENTS
    Ángel Covelo
    6 POSTS0 COMMENTS
    Bea Sanfa
    4 POSTS0 COMMENTS
    Manrique Fernández
    44 POSTS0 COMMENTS
    Paz de la Peña
    34 POSTS0 COMMENTS
    Ricardo Canosa Bastos
    1 POSTS0 COMMENTS
    Roberto Mera
    2 POSTS0 COMMENTS