13.7 C
Pontevedra
Sábado, 18 de Maio de 2024
Máis
    HomeComarcasAlén da RaiaMelgaço convida para diferentes experiências para celebrar o Dia Mundial do Turismo

    Melgaço convida para diferentes experiências para celebrar o Dia Mundial do Turismo

    Melgaço celebra o Dia Mundial do Turismo com um programa repleto de atividades, numa parceria com diferentes entidades do concelho. A ação assume-se como uma forma de convidar os turistas a descobrirem o destino de natureza mais radical de Portugal. A efeméride assinala-se a 27 de setembro, mas Melgaço alarga as comemorações para o fim de semana seguinte: dias 1 e 2 de outubro.

    Entrada gratuita nos espaços museológicos, provas de alvarinho, oferta de noites de acampamento em parques de campismo, descontos em atividades, visita a quinta de alvarinho, trilho pedestre e workshop sobre plantas aromáticas e medicinais do PNPG são as sugestões para assinalar o Dia.

    A rota cultural vai permitir a visita a vários pontos do concelho, já que os espaços estão dispersos pelo concelho: Torre de Menagem, o Espaço Memória e Fronteira, o Museu de Cinema – Jean Loup Passek e o Núcleo Museológico de Castro Laboreiro. Os turistas poderão ainda visitar a Porta de Lamas de Mouro, umas das Portas do Parque Nacional da Peneda Gerês – PNPG, um espaço com exposição permanente sobre o contexto histórico-geográfico desta área protegida e ter uma experiência 360º através de uns óculos 3D: poderão visualizar um vídeo sobre a ocupação do território e da transumância (Brandas e Inverneiras). Poderão ainda visitar a Loja Interativa de Turismo (no centro da Vila de Melgaço).

    No Solar do Alvarinho haverá a possibilidade para um brinde, com alvarinho, claro: o espaço promove provas gratuitas, proporcionando ao visitante a oportunidade de provar os magníficos vinhos da região, num ambiente acolhedor.

    E, não fosse Melgaço o destino de natureza mais radical de Portugal, o convite estende-se ainda para praticar atividades de desporto de natureza e radical com as empresas Montes de Laboreiro, Melgaço Radical, Ecotura, Coraltours e JustNatur. Se pretender pernoitar em Melgaço existem descontos nos parques de campismo das Termas de Melgaço e de Lamas de Mouro. E ainda um Welcome Drink no restaurante Miradouro do Castelo e visita à Quinta de Soalheiro com prova de vinhos.

    PROGRAMA

    Dia Mundial do Turismo | 27 de setembro  

    Entrada gratuita nos espaços museológicos de Melgaço*

    Provas de alvarinho no Solar do Alvarinho**

    27 de setembro e fim-de-semana de 1 e 2 de outubro

    ATIVIDADES COM AS EMPRESAS LOCAIS

    27 de setembro e fim-de-semana de 1 e 2 de outubro

    Coraltours

    • Desconto de 50% em atividades

    Ecotura

    • Desconto de 50% em atividades

    Melgaço Radical

    • Oferta de uma noite de acampamento no Parque de Campismo das Termas de Melgaço
    • Desconto de 50% em atividades

    JustNatur

    • Trilho pedestre e workshop sobre plantas aromáticas e medicinais do Parque Nacional Peneda-Gerês e degustação de produtos à base das plantas observadas.
      Mínimo de 5 pessoas | Nível fácil | 2h | 20€ p/pessoa | Ponto de encontro: Castro Laboreiro, nas instalações da Just Natur, no centro da Vila de Castro Laboreiro
      Inscrições: +351 967 200 344 | sonia.nogueira@sapo.pt

    Montes de Laboreiro

    • Welcome Drink no restaurante Miradouro do Castelo
    • Oferta de uma noite de acampamento no Parque de Campismo Lamas de Mouro
    • Desconto de 50% em atividades

    Soalheiro

    • Visita à Quinta de Soalheiro com prova de vinhos (Soalheiro Clássico e Soalheiro Granit)

    Máximo de 20 pessoas | 15h00 | 1h | 10€ p/pessoa

    Inscrições: visitas1@soalheiro.pt 

    *Horário dos Museus e da Porta de Lamas de Mouro

    Abril – setembro: das 9h30 às 13h00 e das 14h00 às 18h00

    Outubro – março: das 9h30 às 13h00 e das 14h00 às 17h00

    Encerrados nos dias 24, 25 e 31 de dezembro e 1 de janeiro, e todas as segundas-feiras e domingo de Páscoa.

    A Oficina Temática da Porta de Lamas de Mouro encerra à segunda-feira, mas a receção está aberta ao público.

    **Horário do Solar do Alvarinho

    Abril – setembro: das 10h00 às 13h00 e das 14h30 às 19h00

    Outubro – março: das 10h00 às 13h00 e das 14h30 às 18h00

    Encerra no domingo e segunda-feira de Páscoa, nos dias 24, 25 e 31 de dezembro e 1 de janeiro

    INFORMAÇÃO: o Solar está a ser alvo de intervenções, pelo que o espaço provisório se situa no antigo Quartel dos Bombeiros Voluntários de Melgaço, na Alameda Inês Negra (4960-561 Melgaço)

    MELGAÇO APAIXONA, POR DIFERENTES RAZÕES!

    Melgaço tem um potencial enorme e cada vez com mais procura. Situado na Área Protegida mais importante de Portugal, o PNPG – Parque Nacional Peneda Gerês, consagrado pela UNESCO Reserva Mundial da Biosfera, Melgaço é um destino de natureza por excelência, com características geográficas e geológicas que lhe concedem uma posição de destaque de entre todos os subdestinos do Porto e Norte de Portugal.

    A oferta é completa: da natureza ao bem-estar, passando pelo Alvarinho e pelo fumeiro, dando uma volta entre a cultura e o património, sem esquecer o desporto, a sugestão é que se Descubra Melgaço em redor de uma sossegada e deslumbrante natureza.

    Localizado a menos de duas horas do Porto e perto da Galiza, Melgaço é um destino a não perder, é o destino de natureza mais radical de Portugal.

    SOLAR DO ALVARINHO CONTINUA A SER O ESPAÇO PREDILETO PARA QUEM VISITA MELGAÇO: 6.635 VISITANTES

    De janeiro de 2022 e até final de agosto, de acordo com os registos dos vários espaços, 25.984 turistas visitaram os espaços museológicos do concelho de Melgaço, a Porta Lamas de Mouro, a Loja Interativa de Turismo e o Solar do Alvarinho. O Solar do Alvarinho continua a ser o espaço predileto: 6.635 visitantes.

    Segue-se a Torre de Menagem – 6.361; a Porta de Lamas de Mouro – 3.539; a Loja Interativa de Turismo – 2.573; o Museu de Cinema Jean Loup Passek – 2.081; o Espaço Memória e Fronteira – 1.854; o Museu de Castro Laboreiro – 1.706; e a Biblioteca de Castro Laboreiro – 1.235.

    MELGAÇO É O ÚNICO MUNICÍPIO DO PNPG COM A DISTINÇÃO DE DESTINO TURÍSTICO SUSTENTÁVEL

    Melgaço é, neste momento, o único município situado no Parque Nacional Peneda Gerês – PNPG com a distinção de Destino Turístico Sustentável. «Assumirmos um rumo cada vez mais sustentável para Melgaço é um propósito com impactos enormes no futuro do nosso território único e da nossa comunidade», realça o autarca de Melgaço. É nesta visão que se enquadra a certificação de Melgaço como destino turístico sustentável segundo os critérios definidos pela Global Sustainable Tourism Council – GSTC – orgão máximo na definição e gestão dos padrões mundiais para o turismo sustentável.

    «O Turismo está no nosso ADN.  Por isso, apostamos num Plano Estratégico e de Marketing para o Turismo que definiu os caminhos a percorrer para a afirmação e diferenciação como destino turístico. Criámos a marca Descubra Melgaço e posicionámo-nos como o destino de natureza mais radical de portugal, recebemos o selo de prata da Earthcheck – órgão acreditado pela Global Sustainable Tourism Council (GSTC) para certificar destinos turísticos e alcançamos a certificação como destino turístico sustentável, tornando o nosso concelho Best Practice Internacional, ao nível das emissões de gases com efeito de estufa, consumo de água potável e resíduos sólidos enviados para aterro.», realça Manoel Batista.

    LIBROS

    A pegada de «Ronsel»

    A editorial Galaxia vén de recuperar a súa vella colección «Ronsel», concibida nos anos 80 para darlle cabida «a novas voces e a novas temáticas das nosas letras», en palabras da propia editorial. Daquela, foi o espazo no que se deron a coñecer algúns autores que, andado o tempo, acadarían sona no noso sistema literario, como foi o caso de Darío Xohán Cabana ou Miguel Anxo Murado. Nesta nova andaina e, polo de agora, estréase con dúas publicacións, pero anuncian novas sorpresas ao longo de todo este ano.

    Dores Tembrás, «Enxertos»

    A nostalxia é unha materia prima habitual á hora de escribir poesía, mais non fai falla chegar a tanto. Se, a cotío, esa nostalxia leva implícita certa dose de tristura morriñenta para lembrar tempos pretéritos, non sempre ten que ser así, como demostra Dores Tembrás no seu último poemario, «Enxertos». Dores mergúllase na súa propia memoria, na súa infancia na aldea e na mocidade urbanita, para poñer en práctica unha modalidade de nostalxia leda e luminosa, alonxada de tristuras e saudades

    Queridos Reis Magos…

    Nas cartas aos Reis Magos de Oriente nunca debe faltar unha boa dose de literatura, sexa cal sexa a idade do receptor. Neste andel, como facemos sempre, queremos aportar algunhas recomendacións dirixidas aos máis pequenos da casa.