15.9 C
Pontevedra
Mércores, 19 de Xaneiro de 2022
Máis
    HomeComarcasAlén da RaiaAutarca Rui Teixeira entrega prémios a alunos cerveirenses vencedores do concurso "Eu...

    Autarca Rui Teixeira entrega prémios a alunos cerveirenses vencedores do concurso “Eu sou Europeu”

    Quatro estudantes do concelho de Vila Nova de Cerveira foram recebidos, esta manhã, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, pelo Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, Rui Teixeira, para receberem o prémio de vencedores do concurso “Eu sou Europeu”, enquadrado no projeto EFOF – European Future is Our Future. Um concurso que contou com a participação de dezenas de crianças e jovens dos países parceiros do projeto: Bulgária, Itália, Eslovénia, para além de Portugal (Vila Nova de Cerveira).

     A aluna da ETAP – Escola Profissional de Cerveira, Letícia Fernandes, que foi distinguida neste concurso internacional com o 1º prémio na categoria de fotografia, a 12 de outubro de 2021, em Nova Gorica, na Eslovénia, recebeu das mãos do Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira uma trotinete elétrica. Com a mensagem “Apesar de não sermos perfeitos, estamos sempre unidos. Somos europeus!”, a jovem estudante apresentou uma fotografia, na qual cinco jovens estão a pintar várias bandeiras de países europeus, enfatizando a bandeira da União Europeia.

    Já as crianças Eva Pereira e Enzo Soares, do ATL de Lovelhe, e Daniel Álvarez do ATL de Centro Social e Paroquial de Campos, seriadas a nível nacional na área de desenho, receberam da autarquia um kit de Artes. No total, em representação do Município de Vila Nova de Cerveira, foram a concurso 28 trabalhos de crianças e jovens, nas diferentes categorias – Escrita, Desenho, Fotografia e Clip de vídeo – e escalões etários.

    Durante a cerimónia de entrega, o Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, Rui Teixeira, realçou a importância da participação das crianças e jovens neste concurso internacional como forma de fomentar a inclusão e a cidadania europeia, de melhorar a compreensão dos benefícios da União Europeia e de fomentar o diálogo intercultural, a compreensão mútua e a reflexão sobre o futuro da Europa. Participação esta que o autarca considera fundamental em todos os domínios, porque “a participação ativa dos mais jovens, o seu interesse e envolvimento são de uma grande importância para o futuro de Vila Nova de Cerveira. Por isso, conto com eles para construirmos futuro. E eles poderão contar comigo nesse caminho”.  

    Neste sentido, e em nome do Município cerveirense, o autarca felicitou os jovens premiados, bem como todas as crianças, jovens e instituições pela participação e envolvimento em prol dos princípios da inclusão e cidadania europeia.

    O projeto “EFOF – European Future Is Our Future” resulta de um consórcio de parceiros, nomeadamente, Vila Nova de Cerveira (Portugal), o Município de Dalgopol (Bulgária) – na qualidade de coordenador -, o Município de Aksakovo (Bulgária), o Município de Osilo (Itália), o Município de Nova Gorica (Eslóvenia) e uma organização da Sociedade Civil Bio Network (Bulgária), no âmbito do programa “Europa para os Cidadãos – Rede de Cidades.”

    COLABORACIÓNS

    Xosé Monteagudo, «Eternity»

    Xosé Monteaguro volve a sorprendernos coa súa nova novela, «Eternity», que chega a nós avalada polo premio de narrativa breve Repsol do ano pasado. Nesta ocasión o autor indaga sobre a eterna arela de transcendencia alén da morte, pois a trama desenvólvese arredor da creación dunha empresa tecnolóxica (que presta o título ao relato), ideada para preservar a memoria dos falecidos. Un auténtico cemiterio virtual ateigado de narracións do que foron as vidas dos seus inquilinos, relatadas por familiares e amigos. Deste xeito achégase á idea da morte dende unha perspectiva diferente, pois o protagonismo está na reconstrución das vidas dos mortos, no recurso da memoria como bálsamo para aliviar a perda do ser querido.

    ¡Llega el 2022! el año de los patitos… ¡esperemos que no feos!

    Ha finalizado el año 2021, ese que todo el mundo decía que iba a ser el de la recuperación, el del adiós del dichoso Covid. Ilusos. Algunos pensaban que al comenzar el 2021, con las vacunas ya comenzando a administrarse a la población, el dichoso virus iba a desaparecer cómo un mal sueño. La realidad ha resultado ser muy diferente.

    «A nena lectora» de Manuel Rivas e «De cando o Suso foi Carteiro» de Xosé Neira Vilas, dúas ideas para a ‘carta aos Reis Magos’

    É tradición neste Andel colocar algúns libros para nenos cando chegan as datas do Nadal e este ano, por aquilo de manter as nosas vellas teimas, traemos dúas obras que de seguro farán as delicias dos máis pequenos (e dos non tan pequenos, que nunca somos demasiado vellos para deixarnos enredar por unha obra ben escrita). Pertencen a dous autores que non dubidamos en considerar clásicos: Manolo Rivas e Xosé Neira Vilas, que é tanto como dicir dúas apostas sobre seguro. Teñámolos moi presentes á hora de redactar a nosa misiva aos Reis Magos.

    Rumbo al 2022

    Todos necesitamos pulsar el botón “reset” de vez en cuando, poner un punto y final y volver a empezar de cero. Sin duda, el 1 de enero es el mejor momento, o eso dice el mundo que nos rodea.

    Colaboradores

    Alberto Aliaga Sola
    15 POSTS0 COMMENTS
    Ángel Covelo
    6 POSTS0 COMMENTS
    Bea Sanfa
    8 POSTS0 COMMENTS
    Manrique Fernández
    55 POSTS0 COMMENTS
    Paz de la Peña
    38 POSTS0 COMMENTS
    Ricardo Canosa Bastos
    14 POSTS0 COMMENTS
    Roberto Mera
    4 POSTS0 COMMENTS
    Avatar
    1 POSTS0 COMMENTS